Franquias versus próprio negócio: o que é melhor?

O dilema que se tornou mítico. A dúvida que martela na cabeça de quem decide virar empreendedor. Você pode partir com a cara e a coragem para o mundo do empreendedorismo, arriscando seu dinheiro com um negócio independente, ou correr riscos investindo numa franquia.

Se colocarmos as alternativas lado a lado, conclui-se que a quantia que está em jogo servirá para investir numa fórmula pronta ou simplesmente investir numa ideia. O baixo risco de um contra o possível maior faturamento do outro, a organização contra a flexibilidade, a segurança contra a autonomia. A seguir tudo isso será colocado numa balança para que você, leitor, possa ver que tipo de investimento melhor se encaixa em seu perfil.

O que levar em conta ao optar por uma franquia?

Muito se pensa nas razões de se optar por uma franquia. A primeira questão é: você busca empreender para que sua renda cresça de forma relativamente segura? Esse é, basicamente, o primeiro ponto que vai definir se está fazendo a escolha certa.

Ao abrir uma franquia, o franqueado também terá que cumprir com obrigações que lhe remeterá aos tempos de funcionário. Poderá ter autonomia para contratar funcionários e agir com eles do seu modo, como um verdadeiro chefe. No entanto, o franqueador estará com os olhos bem abertos sobre como seu negócio vem sendo tocado. Muita documentação legal também estará envolvida nisso, existirão honorários, sua parcela da renda líquida será definida por contrato, ou seja, a margem de lucros pode não ser o que você espera.franquia versus negocio proprio

É sempre bom que você observe como franquias do ramo que deseja seguir trabalham no dia-a-dia. Se possível, converse com franqueados, eles saberão lhe passar da melhor forma os prós e contras.

Vantagens de uma franquia

Dentre as vantagens em se investir numa franquia, a maior delas, sem dúvida, está na possibilidade de lucrar em cima de uma marca reconhecida. A força da marca refletirá diretamente no poder de compra, no movimento de clientes em sua unidade, em planos de marketing mais ambiciosos etc.

No entanto, quando se fala em autonomia, apesar de um franqueado não poder, por exemplo, pintar os arcos do McDonald’s de azul, isso não significa que ele abriu mão totalmente da autonomia, mas sim viu como melhor opção apostar num modelo de negócio testado e aprovado.

A boa perspectiva gerada por isso é um grande atrativo. Afinal, o franqueado, mesmo que inexperiente, poderá aprender através de meios de capacitação que algumas redes oferecem, além do próprio suporte que é fornecido pelos franqueadores, auxiliando no gerenciamento do seu negócio.

Não custa ressaltar que o sucesso da marca refletirá no sucesso de sua franquia, assim como o fracasso também estará sujeito a cair sobre sua cabeça como um balde d’água fria. Um meio de prevenir isso é estudar muito bem antes de optar por determinada franquia, pesquisando sobre seus faturamentos recentes, planejamento, perspectivas de crescimento etc.

Pontos relevantes sobre abrir o próprio negócio

Trata-se de uma opção ideal para quem muito acredita na própria ideia. Se você está convicto de que o negócio é promissor, pense também no árduo trabalho que será exigido como contraponto.

Dentro de um negócio independente, você terá uma autonomia muito maior, terá flexibilidade, poderá usar as cores que você desejar, fazer tudo do seu jeito. Por outro lado, terá que usar de todo o seu potencial para fazer as coisas darem certo, muitas vezes terá que rever os seus conceitos até encontrar o ponto ideal para ter lucros.

Leve em conta que os primeiros anos de uma empresa, seja de que tamanho ela for, sempre serão os mais difíceis. É preciso muito suor e competência — às vezes até um pouco de sorte — para que os primeiros anos sejam superados. Embarque nessa se estiver com muita disposição e paciência, pois ter perseverança e persistência é praticamente um pré-requisito para obter sucesso no próprio negócio.

Reflita sobre seus objetivos e tome a decisão certa

Uma analogia que se encaixa na situação é que, em uma franquia, você estará disposto a cantar numa banda de sucesso. Você terá que ser muito bom para que essa banda não perca fãs e prestígio.

Quando se decide abrir um próprio negócio de forma independente, você é um artista solo que terá como grande desafio provar que possui competência para brilhar sem os músicos renomados. Você deseja ser um front man ou um one-man show?

Palavras-chave: próprio negócio; franquias; riscos; negócios; franqueado; empreendedor.

Artigo produzido por José Erinaldo, do blog Franquias Interessantes.

Bons negócios!!!
 
Os artigos abaixo também podem ser úteis para você:

Veja Como Ganhar Dinheiro Na Internet
Franquia Gula Mobile
Franquia Amigo Computador
Roupas Importadas
Franquia Camisetas da Hora

Franquia Chipbras/Chip de Potência

Franquias versus próprio negócio: o que é melhor?
5 (100%) 4 votes

P.S.: Uma dica extra:

Muitas pessoas estão nos perguntando qual o modelo de negócio para investir e ganhar dinheiro trabalhando na internet sem ter qualquer conhecimento ou experiência anterior. Aqui está nossa resposta: neste momento, o negócio online que mais recomendamos tanto para quem é um completo iniciante como para quem já é um profissional avançado é este aqui.